Concurso para arquitetos


Concurso para arquitetos

A inovação no mercado imobiliário é extremamente valorizada e se consolidou como um grande diferencial do mercado nos últimos anos. Mas por qual motivo essa inovação não é representativa quando tratamos de espaços para novos profissionais? Por qual motivo muitos profissionais já estabelecidos no setor não conseguem rumar por um caminho mais criativo? 

SEM LEGENDA

Pensando nessas importantes perguntas e dificuldades do segmento, a Incorporadora Weefor, de Curitiba (PR), encontrou uma maneira para abrir espaços, reestruturar processos, e atingir um objetivo bem específico: destacar o valor do arquiteto no desenvolvimento de espaços mais integrativos. Em 2019, a empresa lançou o Weefor Arq, um inusitado concurso destinado a contratação de um projeto arquitetônico para o seu então primeiro empreendimento residencial na capital paranaense. A segunda edição é dedicada a um espaço residencial também em Curitiba. As e vão até 17 de junho, no site weefor.arq.br. 

Como cerne de sua atuação, a incorporadora visa questionar certos padrões que dão forma às cidades, desenvolvendo projetos que causem impacto social real e atendam às necessidades das pessoas. É com esse olhar que a comissão julgadora, formada por profissionais renomados selecionados, escolherá um profissional. “O objetivo do concurso é apoiar o desenvolvimento da arquitetura como disciplina fundamental para o desenvolvimento de espaços que promovam experiências mais integrativas do habitar”, explica Maria Eugenia Fornea, sócia-proprietária da Weefor.

No Termo de Referência, a WeeFor explica detalhadamente desde o histórico do bairro e do terreno (que abrigava casas construídas nos anos 70), inspirações e expectativas e até o diagnóstico territorial. Entre as diretrizes para desenvolvimento do projeto, estão conceitos como eficiência hídrica, eficiência energética, acessibilidade e bom aproveitamento da configuração do terreno.

SEM LEGENDA

Conceitos como uso consciente do espaço urbano, sustentabilidade e interação entre moradores são ideais da incorporadora. “Iremos usar a tecnologia empregada neste projeto a favor de um bairro mais colaborativo e sustentável, que fomente a cultura local e dê novas opções de mobilidade para todos”, explica Maria Eugenia.

A edição de 2019 premiou a dupla Baldomero Navarro Gomes e Beatriz Froes Nachtergaele, da NN Arquitetos Associados, que ficou responsável pelo projeto do edifício Muda WF. O empreendimento, atualmente em construção no bairro Água Verde em Curitiba, ocupa uma área de aproximadamente 5250 m². O Muda WF terá 52 unidades de apartamentos que vão de 53 m² a 112 m². Em 2021, o projeto ganhou destaque no prêmio global Iconic Awards 2021: Innovative Architecture, organizado pelo Conselho Alemão de Design. 

SEM LEGENDA